Entre com o seu usuário  no WHM e após fazer o login;

1. Acesse a opção no menu lateral Account Functions, e clique no link “Create a New Account”.

2. Preencha as informações (Domínio a ser atribuído o plano, usuário, senha e o tipo do plano a ser usado pelo cliente).

3. O restante dos campos basta deixar conforme as imagens abaixo

 

4. Por fim, clique no botão “Create” e aguarde a criação da conta.

Ainda não criou os pacotes? Clique aqui e aprenda como criar

Entre com o seu usuário  no WHM e após fazer o login;

1. Acesse a opção no menu lateral “Packages”, e clique no link “Add a Package”.

WHM Add a Package

Agora selecione as opções (nome do plano, tamanho em disco, largura de banda, contas de ftp e etc.)

 

1 – Package Name

Nome a ser atribuído ao Plano ex: plano_basico, plano_medio, plano_avancado.

Recursos

2 – Disk Quota(MB)

Essa opção define o espaço em disco que será liberado para o cliente em megabytes(mb).
ex: 2048 (2GB)

– Bandwidth (MB)

Um padrão utilizado – mas não obrigatório – na definição do limite de banda, é defini-lo sendo 10x maior que a quota do pacote. Ou seja, se um pacote tem 1000mb de quota, pode-se definir o bandwidth em 10000mb.

– Max FTP Accounts

Define a quantidade de contas de FTP que eventualmente poderão ser criadas nas contas em que esse pacote será atribuído.

5 – Max Email Accounts

Nesta opção será estipulado uma quantidade de contas de Email que será permitida a criação.

ex: 10 contas de emails, 20 contas de emails, emails ilimitado.

6 – Max Email Lists

Limita a quantidade de listas de emails que podem ser criadas

7 – Max Databases

Define a quantidade de banco de dados que será liberado para cada Pacote de Hospedagem.

8 – Max Sub Domains

Define a quantidade máxima de sub-domínios que a conta poderá possuir.

9 – Max Parked Domains

Limita quantos domínios estacionados a conta poderá adicionar.

10 – Max Addon Domains

Esta opção definir a quantidade de domínios adicionais que podem ser inseridos no pacote.

Configurações

1 – Dedicated IP

Caso o domínio do cliente ao qual será atribuído esse Pacote de Hospedagem possua um IP fixo (Dedicado) marque esta opção e informe o IP.

2 – cPanel Theme

Defina aqui o tema do cPanel da conta.

3 – Language

Escolha qual será o idioma aplicado ao cPanel.

e por fim, clique em add.

Para aprender criar uma conta de Hospedagem clique aqui.

– Na tela inicial do seu iPad, acesse “Ajustes (Settings)”

 Selecione “Mail, Contatos, Calendários (Mail, Contacts, Calendar)”

 

Na tela com várias opções de e-mail, escolha “Outra (Other)”

Depois, acesse “Adicionar Conta (Add Account)”

Em seguida, selecione “Conta do Mail (Add Mail Account)”

Preencha seus dados e salve:

  • Nome (Name): [digite seu nome]
  • Endereço (Address): [digite o endereço completo do nome@dominiodocliente.com.br ]
  • Senha (Password): [digite sua senha]
  • Descrição (Description): [digite seu e-mail ou a descrição que desejar]

Replique as informações mais uma vez, e clique em “seguinte”.

  • Endereço : [digite o endereço completo do nome@dominiodocliente.com.br ]
  • Nome do Host : [mail.dominiodocliente.com.br]
  • Nome do Usuário : [nome@dominiodocliente.com.br
  • Senha : [ digite sua senha ]

Clique em continuar e depois será solicitado novamente, clique mais uma vez em continuar e aguarde.

Clique em salvar e aguarde a sincronização dos seus e-mails.

Ponto, agora seus e-mails estarão sincronizados com seu iPad/iPhone.

Uma das grandes dificuldades que nossos clientes de revenda enfrentam é configurar os DNS em seu domínio registrado no UOL.

Ao tentar colocar os DNS e os IPs correspondentes, uma mensagem de erro é exibida como a mensagem abaixo:

*[UED0392] Servidor de DNS inválido ou que não responde pelo domínio.*

Isso ocorre pois o sistema do UOL faz uma checagem no reverso dos IPs informados para verificar se o reverso contem o domínio que esta sendo configurado. Como o reverso não é o domínio do cliente e sim o domínio principal do servidor o sistema do UOL recusa a configuração e exibe a mensagem acima.

Para contornar esse erro(é um erro pois nenhum outro registrar tem algo parecido) siga o passo-a-passo criado por nossa equipe:

1-Acesse seu painel de gerenciamento do domínio no UOL pela pagina incial

2-Ao acessar será exibido algumas informações de sua conta e vários links, clique no “VER MEUS DOMÍNIOS /MUDAR AUTORIDADE DNS”

3-Na próxima página será exibido a lista de domínio que você tem registrado, selecione o domínio que deseja configurar e na caixa “Ações Disponíveis” selecione a opção “Mudar Autoridade de DNS”

4-Na próxima página clique no botão verde “Aplicar configurações originais do UOL”, e então será configurado os DNS padrão do UOL

5-Agora volte na página do passo 3 e na caixa “Ações Disponíveis” selecione desta vez a opção “Gerenmciar Zona de DNS”

6-Na próxima página selecione o domínio desejado e na caixa “Mais Ações…” selecione a opção “Gerenciar DNS”

7-Na janela que se abrir, você deverá criar 2 entradas do tipo A para o ns1 e ns2 com seus respectivos IPs informados no e-mail de boas vindas como na imagem abaixo:

uol

8-Depois de adicionado uma entrada para o ns1 e uma para o ns2 volte no passo 3

9-Na página que se abrir, selecione o domínio e na caixa “Ações Disponíveis” selecione a opção “Mudar Autoridade de DNS”

10-Na próxima página digite os DNS informados no e-mail de boas vindas juntamente com os IPs e clique no botão verde “Salvar Alteração”.

Este processo é trabalhoso, mas seguindo ele você conseguirá configurar seus DNS corretamente sem ter que aguardar o suporte do UOL. Caso tenha alguma dificuldade, nossa equipe poderá fazer esta configuração para você.

Com o passar do tempo, publicando novos posts, instalando e desinstalando novos plugins, implementando funções e outros quetais o banco de dados do WordPress tende a acumular um certo lixo. Esse lixo por sua vez tende a deixar os processos do seu sistema mais lento, isso porque a base vai ficando mais elástica e a cada consulta que o WP faz pra ela tem uma resposta mais demorada. Não vemos de primeiro momento por conta do efeito “sapo na panela”, vai acontecendo aos poucos e quando vemos o dashboard está muito lento e nem sabemos como resolver isso.

Existe uma série de rotinas que você pode fazer via PHPMyAdmin (que é o front-end do seu banco de dados disponível no painel de controle da conta de hospedagem) pra limpar essa sujeira, mas existe também uma forma mais prática de fazê-lo, usando um plugin chamado WP-Optimize.


Com ele é possível remover todas as revisões de posts (ele guarda um histórico de toda vez que você acessa um artigo pelo painel de administração como backup, e isso fica armazenado pra sempre), posts em rascunho, comentários que estão marcados como spam, comentários não aprovados e faz uma otimização no restante das tabelas do banco de dados.

Você seleciona as opções que se encaixam com a limpeza que quer fazer e clica em “Procced”. Antes porém é possível verificar quanto de espaço vai conseguir eliminando a sujeira que seu WordPress juntou ao longo do tempo, e aí temos mais uma vantagem, espaço em disco.

Quando ele terminar o trabalho mostrará quanto de fato conseguiu remover, a quantidade de espaço anteriormente prevista somada ao restante das otimizações de tabelas que foi realizada. É um bom plugin pra se ter no seu WordPress!